Biotecnologia 

Histórico do Laboratório de Biotecnologia e Melhoramento Vegetal - LBMV

O Laboratório de Biotecnologia e Melhoramento Vegetal (LBMV) possui atividade multiuso dos Professores do Departamento de Fitotecnia e dos Programas de Pós-graduação em Genética e Melhoramento e Fitotecnia e tem por objetivo atender demandas de pesquisa em biotecnologia aplicada ao melhoramento genético de plantas. No LBMV, as atividades de biologia molecular estão concentradas nas técnicas de marcadores moleculares e na transformação de plantas. Os projetos de pesquisas estão concentrados em gramíneas cereais (milho, trigo e arroz) e biocombustíveis (cana-de-açúcar e sorgo sacarino).  As informações moleculares estão sendo utilizadas para estudo da diversidade genética, seleção recorrente assistida e mapeamento de QTL. A transformação de plantas está sendo realizada com genes para aumentar a tolerância à seca em milho e sorgo sacarino. Atualmente, estão vinculados ao LBMV três estudantes de doutorado, dois estudantes de mestrado e três de graduação.

Relação dos projetos de pesquisa:

1
Melhoramento de milho para estresses abióticos: Identificação de Quantitative Trait Loci (QTLs) e genes candidatos associados à eficiência de uso de nitrogênio em milho (Fapemig/Cnpq);
2
Melhoramento de milho: desenvolvimento de cultivares e seleção assistida por marcadores (Bolsa de Iniciação científica Cnpq);
3
Melhoramento de milho: estabelecimento de protocolos de transformação de plantas e conversão de linhagens elites para regeneração in vitro (Edital Universal 2007 Cnpq);
4
Identificação de Quantitative Trait Loci (QTLs) e genes candidatos associados ao desenvolvimento radicular de milho.
5
Abordagem Genética, Fisiológica e Molecular do Sistema Solo-Planta para a Eficiência no Uso de Fósforo (Embrapa);
6 Diversidade genética de linhagens de milho pipoca.
7
Diversidade genética de linhagens elites de milho e sua relação com o desempenho de híbridos